Bem-Vindo(a) Visitante
Conectar com Facebook
Registrar!   Login
Idioma: Português - BR English
Bem-Vindo(a) Visitante
Conectar com Facebook
Registrar!   Login
Idioma: Português - BR English

Aves marinhas e costeiras - Ilha Grande - RJ

Atualizada 14/12/2015
Conheça algumas das aves marinhas mais avistadas na baía da Ilha Grande - Angra dos Reis - RJ.

A baía da Ilha Grande, bem como as águas litorâneas e oceânicas adjacentes, e as ilhas situadas no entorno constituem conjunto do "ambiente costeiro". Neste ambiente vivem populações de aves que utilizam os recursos alimentares ali disponíveis.

Atualmente, a maior parte das populações de aves marinhas e costeiras da Ilha Grande encontra-se limitadas a pequenas outras ilhas perto da costa e na ilha de Jorge Grego. O hábito de passar longos períodos no mar, longe do ambiente terrestre, fez deles uma das aves mais difíceis de serem estudadas e observadas.

148 espécies de aves marinhas e costeiras constituem em conjunto 8,8% do total das aves registradas no Brasil. Nove ordens e 29 famílias de aves marinhas e costeiras são representadas. Quatro ordens contribuem em conjunto com 81%. São elas: Procellariiformes (albatrozes e petréis); Pelecaniformes (fragatas, atobás e afins); Charadriiformes-Subordem charadrii (maçaricos, batuíras e afins) e Charadriiformes-Subordem lari (gaivotas, trinta-réis e afins).

As espécies mais vistas na costa da Ilha Grande e na ilha de Jorge Grego são os atobás (também conhecido como alcatraz ou mergulhão), as gaivotas, os albatrozes e as fragatas. Resumiremos as características de cada uma para que em sua próxima visita à Ilha Grande, você possa diferenciá-las.  

Atobá - Aves marinhas de vasta distribuição. Do porte de gaivota (± 75 cm) com asas mais compridas e estreitas. Cauda cuneiforme, grandes membranas natatórias. Bico pontudo e serrilhado; não apresenta narinas externas, exceto nos embriões. Atobás são excelentes mergulhadores atingindo até 20m de profundidade. Sua dieta consiste de uma variedade de presas como peixes e lulas.

Albatroz - São aves oceânicas de grande porte. A família abrange as maiores aves voadoras do mundo; o (albatroz-gigante) pode alcançar até 3,5m de envergadura. Corpo pesado, longas asas estreitas, cujas pontas (penas) jamais se abrem. Bico muito forte, curvado em gancho pra pegar peixes e lulas sobre a superfície.       

Gaivotas - Aves de asas longas, pernas curtas e dedos unidos por membrana interdigital, o macho e a fêmea são semelhantes. Podem medir até 58 cm, os adultos possuem bico amarelo com mancha vermelha na ponta da mandíbula, patas amarelas claras e lado superior das asas pretas, constituindo o “manto negro”, resto da plumagem branco. As gaivotas são onívoras, alimentando-se de peixes mortos, animais atropelados e depósitos de lixos.

Fragata - Aves marinhas habitantes das ilhas oceânicas tropicais. Coloração geral preta, asas extremamente longas, estreitas e angulosas. Alimentam-se de pequenos peixes que sobem a superfície, onde são capturados com o bico em voos rasantes, peixes voadores. É frequente a pirataria aérea sobre Atobás, Gaivotas e Trinta-réis.

Em Jorge Grego, longe da convivência do ser humano, as aves encontram a paz, o sossego e a comida necessária para viverem em harmonia. Não é difícil avistarmos (aos milhares) esses seres tão importantes para a vida marinha da Ilha Grande.

© Copyright – Todos os Direitos Reservados

Deixe seu comentário

O que você achou da página, pousada, estabelecimento ou local? Conte sua experiência para nós e para os demais internautas!

Max. 250