Bem-Vindo(a) Visitante
Conectar com Facebook
Registrar!   Login
Idioma: Português - BR English
Bem-Vindo(a) Visitante
Conectar com Facebook
Registrar!   Login
Idioma: Português - BR English

Mata Atlântica - Ilha Grande - Angra dos Reis - RJ

Atualizada 14/12/2015
A Ilha Grande é um recanto onde o bioma da Mata Atlântica ainda é preservado. Florestas, rios, lagoas, manguezais etc.

A Ilha Grande, constitucionalmente, é considerada patrimônio nacional. Possui vegetação constituída pela Mata Atlântica e está localizada na chamada Zona Costeira. Por isso, há uma grande diversidade biológica existente em seu ecossistema: uma área insular constituída por florestas, costões, praias, rios, lagoas, restingas, manguezais etc., sem mencionar a variedade da sua fauna.


O Brasil possui uma grande diversidade de ecossistemas. Quase todo o seu território está situado na zona tropical. Por isso, nosso país recebe grande quantidade de calor durante todo o ano, o que favorece essa grande diversidade. A Mata Atlântica da ilha abriga rica fauna e flora representativas da região, muitas espécies de aves como papagaios, tangarás, tiés, sabiás, saracuras, etc. Diferentes macacos, esquilos, tatús, pacas, ouriços, cobras, lagartos etc. Algumas espécies, ameaçadas de extinção, como é o caso do macaco bugio.

A Mata Atlântica é um bioma (conjunto de ecossistemas) tipicamente brasileiro. Em função do desmatamento, principalmente a partir do século XX, encontra-se extremamente reduzida, sendo uma das florestas tropicais mais ameaçadas do globo. No passado, a Mata Atlântica era um tapete verde que cobria quase toda a faixa litorânea brasileira, começando no Rio Grande do Norte, passando pelos estados do Nordeste - exceto Maranhão, Piauí e Ceará - depois Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, chegando até o Rio Grande do Sul, o que era equivalente a 1,3 milhões de quilômetros quadrados, ou seja, 15% do território nacional.            

A variedade da flora da Mata Atlântica sempre despertou o interesse de viajantes, artistas, naturalistas e comerciantes estrangeiros. E foram esses últimos que logo perceberam o grande negócio que seria o comércio dessas plantas - como o gravatá, a bromélia, as orquídeas e os filodendros - para decoração e ornamentação de jardins. Na Ilha Grande, algumas espécies acabam se destacando, como os jequitibás, por seu porte majestoso, as orquídeas e as bromélias, pelo vistoso e muitas vezes inesperadas coloridas, e as quaresmeiras, que, no princípio do ano, salpicam de um roxo muito vivo as encostas e vales. No caso do pau-brasil, no entanto, foram as razões históricas e econômicas que o colocaram em destaque.

A Constituição Federal de 1988 coloca a Mata Atlântica como patrimônio nacional, junto com a Floresta Amazônica brasileira, a Serra do Mar, o Pantanal Mato-Grossense e a Zona Costeira.

Fundação SOS Mata Atlântica – E-mail: info@sosma.org.br - (11) 3262-4088.

© Copyright – Todos os Direitos Reservados

Deixe seu comentário

O que você achou da página, pousada, estabelecimento ou local? Conte sua experiência para nós e para os demais internautas!

Max. 250