Bem-Vindo(a) Visitante
Conectar com Facebook
Registrar!   Login
Idioma: Português - BR English
Bem-Vindo(a) Visitante
Conectar com Facebook
Registrar!   Login
Idioma: Português - BR English

Taxa de preservação ambiental - Ilha Grande - Angra dos Reis - RJ

Atualizada 16/12/2015
Um estudo revela que 63% dos nativos querem o controle da carga de turistas na Ilha Grande.

 O IlhaGrande.Org esclarece que AINDA não há nenhuma lei sobre a cobrança da Taxa de Preservação Ambiental na Ilha Grande.

Um estudo, feito a partir de entrevistas em campo, revela que 63% dos nativos da ilha querem o controle da carga de turistas para evitar a degradação causada pela superlotação.

Há uma estimativa de que a carga máxima de toda a Ilha Grande gire em torno de 20 mil pessoas por dia.

Atualmente, o controle do número de visitantes é somente na Praia de Aventureiro, localizada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS). A limitação de turistas no Aventureiro ficou estabelecida em 560 pessoas por dia, sendo 18 campings autorizados a atender os visitantes.

Um estudo do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da UERJ, apresentado pela geógrafa Najara Proença Marques, revela que 78,3% dos turistas que chegam à Ilha Grande são favoráveis à cobrança de uma taxa de preservação ambiental. Desses, 58% optou pela cobrança de uma taxa única e 33%, a cobrança por número de dias de permanência na ilha, a exemplo de Fernando de Noronha.

Os autores do estudo concluem que o benefício do visitante ao ter contato com o meio ambiente na Ilha Grande tem relação com a proteção do ecossistema local, mas ressaltam que a cobrança só atingirá seus objetivos se tiver o apoio da comunidade local. Segundo o mesmo estudo, a maioria dos moradores apoia a limitação de visitantes na ilha.

Quem não trabalha com o turismo, quase sempre concorda porque pensa que o visitante traz degradação. E, quem trabalha, muitas vezes acredita que a restrição elevaria o nível do turismo e, por isso, os recursos aumentariam. O desafio é evitar que a limitação de turistas e a taxa sejam um corte elitista no perfil dos visitantes.

Veja mais sobre o estudo em: https://geografiahumanista.files.wordpress.com/2009/11/najara.pdf

© Copyright – Todos os Direitos Reservados

 

Deixe seu comentário

O que você achou da página, pousada, estabelecimento ou local? Conte sua experiência para nós e para os demais internautas!

Max. 250