Bem-Vindo(a) Visitante
Conectar com Facebook
Registrar!   Login
Idioma: Português - BR English
Bem-Vindo(a) Visitante
Conectar com Facebook
Registrar!   Login
Idioma: Português - BR English

Sul e Leste - 7.º lugar nas 7 Maravilhas da Ilha Grande - RJ

Atualizada 16/12/2015
As praias do Sul e do Leste foram eleitas Maravilhas da Ilha Grande em 7º lugar. Veja mais...

As praias do Sul e do Leste, sétima colocada na escolha das 7 Maravilhas da Ilha Grande, não poderiam deixar de fazer parte dessa votação histórica. Localizadas no coração de uma reserva biológica, além de ter sido berço de civilizações milenares, só podia ser mesmo uma coisa: Maravilha...


Por estar situada na Reserva Biológica da Praia do Sul, é a única das maravilhas que você não poderá visitar sem uma autorização do INEA ou dos orgãos ambientais responsáveis. Entretanto, pelo valor inestimável que esta área representa na preservação do que há de mais selvagem em toda a ilha, ela merece estar entre as melhores obras que a natureza divina, fervorosamente, soube recuperar com vigor.    

A Reserva Biológica Estadual da Praia do Sul foi criada em 1981 e abrange uma área de 3.600 hectares que vai da Ponta da Tucunduba (fronteira com a Parnaioca) até a Ponta da Escada, localizada entre a Praia dos Meros e a ilha de mesmo nome.

Como é uma área restrita a cientistas, pesquisadores e expedicionários, só através deles, de seus estudos e documentários, é que podemos tomar conhecimento dos mistérios e encantos que esse lugar guarda, nos permitindo ter uma idéia do tamanho desse tesouro. Talvez por esta razão seja o lugar mais resguardado e preservado da Ilha Grande.

As praias do Sul e do Leste, juntas, medem aproximadamente seis quilômetros de extensão e estão separadas por um ilhote (Ilhote do Leste) onde desemboca o canal que vêm do mangue e das duas lagoas em seu interior. É uma das visões mais esplendorosas de natureza selvagem e bela que a ilha possui. Sua complexa biodiversidade, revelada nas tramas ricas e delicadas de seus ecossistemas, nos apresenta um espetáculo de vida como se estivéssemos assistindo ao inicio da Criação.

Das serras, cobertas de Mata Atlântica e em forma de um gigantesco anfiteatro, despencam os rios por entre vales, formando inúmeras quedas d’água até desaguarem numa baixada de mata inundada, formando duas lagoas onde habitam inúmeras espécies de animais do céu, da terra e do mar. Camarões, siris, caranguejos, tainhas, robalos, muçuns e até lontras (mamíferos considerados em extinção).

A variedade de espécies de aves também é impressionante e o trinar das arapongas é uma música de fundo na confusa orquestra de papagaios, pica-paus, saracuras, andorinhas, almas-de-gato, tiés-sangue, gaviões e bem-te-vis.
A restinga, que acompanha toda a orla, é totalmente coberta por gravatás, samambaias, orquídeas terrestres, bromélias, plantas rasteiras e cactos.    

Na areia fina e branca, milhares de larvas de tatuís saltitam dia e noite para o deleite de alguns pássaros e vaga-lumes. Por ser uma das regiões mais selvagens da Ilha, ela possui um cenário cinemátografico.

Situada na Reserva Biológica da Praia do Sul estas maravilhas da Ilha Grande são vigiadas por fiscais do INEA que impedem qualquer pessoa de passar sem autorização.

© Copyright – Todos os Direitos Reservados

Deixe seu comentário

O que você achou da página, pousada, estabelecimento ou local? Conte sua experiência para nós e para os demais internautas!

Max. 250